Uma jovem morreu na manhã de segunda-feira, após ser baleada por um dos dois membros de um ponto de drogas que funciona no norte da cidade de Baní, na República Dominicana. Segundo fontes locais, foi um ‘duelo’, após um dos dois homens descobrirem que ela mantinha relacionamento com ambos.

A vítima é Yulianny de Regla Villalona, ​​19 anos, que segundo versões não oficiais, mantinha relações amorosas com os dois jovens que aparentemente disputavam seu amor.

Os autores do confronto são Elinson Bernabel Tejeda, 34, que foi ferido, e outro conhecido como Amaurys, que é um fugitivo e a Polícia Nacional está a procura.

Bernabel Tejeda recebeu dois tiros e está internado no hospital Nuestra Señora de Regla de Baní.

O corpo da vítima foi levado ao necrotério do hospital local pelo médico legal Walter López, promotor do distrito judicial e agentes da Direção Central de Investigações Criminais (Dicrim).

O corpo do jovem Villalona foi enviado para o Instituto Nacional de Ciência Forense (Inacif) na província de Azua para realizar uma autópsia.

O incidente teve origem em um ponto de drogas cujo dono é conhecido como El Pesao.

Informações retiradas do elpregonerord

Jovem mantém dois namorados, um deles descobre e é morta a tiros

Uma jovem morreu na manhã de segunda-feira, após ser baleada por um dos dois membros de um ponto de drogas que funciona no norte da cidade de Baní, na República Dominicana. Segundo fontes locais, foi um ‘duelo’, após um dos dois homens descobrirem que ela mantinha relacionamento com ambos.

A vítima é Yulianny de Regla Villalona, ​​19 anos, que segundo versões não oficiais, mantinha relações amorosas com os dois jovens que aparentemente disputavam seu amor.

Os autores do confronto são Elinson Bernabel Tejeda, 34, que foi ferido, e outro conhecido como Amaurys, que é um fugitivo e a Polícia Nacional está a procura.

Bernabel Tejeda recebeu dois tiros e está internado no hospital Nuestra Señora de Regla de Baní.

O corpo da vítima foi levado ao necrotério do hospital local pelo médico legal Walter López, promotor do distrito judicial e agentes da Direção Central de Investigações Criminais (Dicrim).

O corpo do jovem Villalona foi enviado para o Instituto Nacional de Ciência Forense (Inacif) na província de Azua para realizar uma autópsia.

O incidente teve origem em um ponto de drogas cujo dono é conhecido como El Pesao.

Informações retiradas do elpregonerord

Nenhum comentário