Três pessoas morreram e uma quarta foi hospitalizada quando tentaram fazer a limpeza de um tanque de dejetos de animais aquáticos abrigados em piscinas no Sesc de Iparana, na Grande Fortaleza, na tarde desta quinta-feira (19).

De acordo com o Serviço Social do Comércio (Sesc), as vítimas são funcionários da organização não governamental Aquasis, que cuida de animais aquáticos que sofrem maus-tratos ou são achados encalhados no litoral do Ceará. O Sesc cede, por contrato, um espaço do balneário em Iparana, em Caucaia, para a ONG, que abriga peixes-boi em criadouros.
Loading...
Segundo o Corpo de Bombeiros, é comum a presença de gases tóxicos em poços, onde o ar também é mais rarefeito. A combinação dos fatores, conforme os bombeiros, causa desmaios. "Com a pessoa desmaiada, ela continua a inalar gás tóxico e ela acaba por falecer, por isso sempre recomendamos o uso de equipamentos apropriados, com máscaras eficientes", alerta a capitã Juliane Freire, do Corpo de Bombeiros. Ainda não se sabe exatamente qual gás foi inalado.

Conforme relato de testemunhas, uma pessoa entrou na área de tratamento de dejetos animais, onde há fluxo de gases tóxicos, e desmaiou. Outras duas pessoas desceram à área de tratamento para prestar socorro e também morreram.
ceará
Loading...

Mostrar Comentários Não mostra os comentários

Disqus Comments