Tecnologia do Blogger.

Últimas Notícias

Chikungunya já matou 1 pessoa em Aracati, 2 em Beberibe, e 1 em Morada Nova

Dengue, zika e chikungunya já provocaram 5 mortes entre as cidades de Tabuleiro do Norte. Morada Nova, Aracati, e Beberibe As doenças transmitidas pelo Aedes aegypti já mataram setenta pessoas no Ceará em 2017. De acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (4), pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), desse total 60 pessoas faleceram em decorrência da chikungunya e outras 10 foram vítimas da dengue. 

Aedes aegypti já matou Uma pessoas na cidade de Aracati, Duas na cidade de Beberibe, e Uma na cidade de Morada Nova

A incidência de mortes por chikungunya se concentra em pessoas com idade entre 10 dias e 94 anos. Dessas vítimas, 26 foram mulheres e 34 homens. As mortes por chikungunya foram registradas em Acopiara (2), Aracati (1), Beberibe (2), Caucaia (3), Fortaleza (47), Maranguape (2), Morada Nova (1), Pacajus (1) e Senador Pompeu (1).

Já as mortes por dengue foram registradas na faixa etária de um mês e 84 anos. Um total de cinco vítimas são do sexo feminino e cinco do sexo masculino. Os óbitos ocorreram em Fortaleza (05), Itapajé (01), Caucaia (01), Maracanaú (01), Paracuru (01) e Tabuleiro do Norte (01). 

Desses óbitos, 60 foram em decorrência da chikungunya e outros 10 por dengue

De acordo com a Sesa, neste ano foram notificados 111.834 casos suspeitos de chikungunya, dos quais 12.950 foram descartados e 68.790 foram confirmados. Já a dengue notificou 68.056 casos de dengue, sendo que 18.268 casos foram confirmados. 

Em 2017, foram notificados 2.989 casos suspeitos de zika, destes, 445 foram confirmados 1.458. Há concentração de 77,6% (2.321) dos casos notificados na faixa etária de 15 a 49 anos e o sexo feminino é predominante em 79,0% das notificações. Até o momento, não há registros de morte pela zika.
chikungunya-ja-matou-1-pessoa-em-aracati-2-em-Beberibe-e-1-em-Morada-Nova