A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) continua a registrar chuvas em todo o Ceará. No período entre as 7 horas dessa quinta-feira (22) e 7 horas dessa sexta-feira (23) choveu em pelo menos 80 municípios no Estado. A maior precipitação foi observada em Meruoca, com volume de 82 mm.

Em Fortaleza, a chuva que causou transtornos e chegou a causar um desabamento na manhã de ontem (22) atingiu 37 mm. Ainda na região metropolitana, Maracanaú registrou 30 mm e Beberibe teve 25 mm de chuva.

A região com maior média foi o Sertão dos Inhamuns, com Tauá e Quiterianópolis, com, respectivamente, 70.8 mm e 61.0 mm. Quixeramobim, no Sertão Central, registrou precipitação de 58.0 mm.
chuvas

A previsão da Funceme para o sábado (24) é de nebulosidade variável com chuva ao longo do dia em todas as regiões do Estado.
De acordo com prognóstico da Funceme, a previsão para o próximo trimestre (março, abril, maio) é positivo. A análise do órgão aponta que há 45% de chances de receber chuvas acima da média, 35% em torno normal e 20% abaixo do normal no próximo trimestre. Ainda segundo o órgão, o Estado deve registrar precipitações entre 398mm e 566,1mm no período.

Confira as maiores chuvas registradas no Estado:


Chuvas banhar 80 municípios do Ceará nas últimas 24hs

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) continua a registrar chuvas em todo o Ceará. No período entre as 7 horas dessa quinta-feira (22) e 7 horas dessa sexta-feira (23) choveu em pelo menos 80 municípios no Estado. A maior precipitação foi observada em Meruoca, com volume de 82 mm.

Em Fortaleza, a chuva que causou transtornos e chegou a causar um desabamento na manhã de ontem (22) atingiu 37 mm. Ainda na região metropolitana, Maracanaú registrou 30 mm e Beberibe teve 25 mm de chuva.

A região com maior média foi o Sertão dos Inhamuns, com Tauá e Quiterianópolis, com, respectivamente, 70.8 mm e 61.0 mm. Quixeramobim, no Sertão Central, registrou precipitação de 58.0 mm.
chuvas

A previsão da Funceme para o sábado (24) é de nebulosidade variável com chuva ao longo do dia em todas as regiões do Estado.
De acordo com prognóstico da Funceme, a previsão para o próximo trimestre (março, abril, maio) é positivo. A análise do órgão aponta que há 45% de chances de receber chuvas acima da média, 35% em torno normal e 20% abaixo do normal no próximo trimestre. Ainda segundo o órgão, o Estado deve registrar precipitações entre 398mm e 566,1mm no período.

Confira as maiores chuvas registradas no Estado: