Deputado informa ainda que existem 66 cargos de analista judiciário, responsável pela assessoria direta do juiz, mesma função dos cargos em comissão criados

O deputado federal Ariosto Holanda (PDT-CE) criticou nesta quinta-feira (8) a nomeação de servidores para o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) sem concurso público.

De acordo com o parlamentar, ao invés de convocar servidores aprovados em concurso público, como manda a Constituição Federal, nomeia servidores em cargos comissionados que não possuem a impessoalidade exigida para a função.

Ariosto informa ainda, com base em dados do próprio TJCE, que existem 66 cargos de analista judiciário, responsável pela assessoria direta do juiz, mesma função dos cargos em comissão criados.
Ariosto Holanda

Baixa produtividade

Com base no relatório “Justiça em Número 2017”, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o parlamentar chama atenção para baixa produtividade do TCJE, classificado como o pior índice.

Veja publicação abaixo:

© Copyright 2019 - | Todos os direitos reservados. Policial plantão polícia-190 | Responsável pelo portal Luciano Almeida
Loading...

Mostrar Comentários Não mostra os comentários

Disqus Comments