Seis municípios Jaguaribano enfrentam o risco de entrar em colapso, a situação mais grave é enfrentada pela cidade de Quixeré e pelo distrito de Lagoinha, que já ficam no fim do trecho de 100-Km de extensão a partir do Castanhão, no leito do Rio Jaguaribe. A água é barrada por um passagem molhada na localidade de Sucurujuba, ponto de captação para o sistema de abastecimento do volumoso povoado do distrito de Lagoinha. Outros centros urbanos atendidos são Limoeiro do Norte, São João do Jaguaribe, Tabuleiro do Norte, Russas e a própria Jaguaribara, no entorno do reservatório.

O presidente do Sub-Comitê de Bacia do Baixo Jaguaribe, disse que os moradores das cidades do Baixo Jaguaribe precisam com urgência do recurso hídrico. "A situação vem se agravando e essa água é muito necessária", frisou.

Castanhão libera mais água para Baixo Jaguaribe

Castanhão. Após reunião entre o titular da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Francisco Teixeira, e o diretor geral do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), Ângelo Guerra, ontem, houve entendimento para ampliar a liberação de água do Açude Castanhão para atender demanda de consumo de seis cidades do Vale do Baixo Jaguaribe, que corriam risco de entrar em colapso.
falta da ágaua
Leia mais notícias em Jornal vale em destaque, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal vale em destaque pelo WhatsApp (88) 9 9600-2407.
Loading...

Mostrar Comentários Não mostra os comentários

Disqus Comments