Tecnologia do Blogger.

Últimas Notícias

Governo promove oficina do PPA na região Vale do Jaguaribe

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), promoveu nesta quarta-feira (dia 19), mais uma “Oficina de Monitoramento Participativo”, com o objetivo de avaliar políticas socioeconômicas e revisar o Plano Plurianual (PPA) para os anos 2018 e 2019.

O evento teve início às 9 horas, no Instituto Federal do Ceará (IFCE), na cidade de Morada Nova, localizada a 168 km de Fortaleza, e reuniu representantes de outros 14 municípios da região: Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Palhano, Pereiro, Potiretama, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte.
governo-promove-oficina-do-ppa-na-regiao-vale-do-jaguaribe
“A nossa meta é ouvir as pessoas da região, avaliar junto com essas lideranças o desempenho das ações governamentais com o objetivo, se for o caso, de ajustar o Plano Plurianual em função de novas necessidades ou demandas da sociedade”, observou Tuílo Camboim, orientador de Planejamento da Seplag.

O chefe de gabinete da prefeitura de Pereiro, Luciano Martins Santos, que já participou de oficinas anteriores do PPA, compareceu ao evento com a expectativa de levar demandas do município acerca da questão hídrica. “Temos problemas com abastecimento de água e essa é uma oportunidade importante para reforçar esse pleito”, observou.

O presidente da Associação dos Produtores da Lagoa do Tapuio ((ACPLT), de Morada Nova, Leonel Lemos Maia, que participa das oficinas do PPA desde 2007, ressaltou a importância da iniciativa do governo estadual. “Nas oficinas debatemos questões que se transformam em propostas e tendem a se realizar em orçamento público”, afirmou.

Para o secretário da Agricultura do município de Palhano, a crise hídrica, no momento, é a maior prioridade da região após cinco anos seguidos de chuvas abaixo da média. “Temos poços profundos, mas de água salobra. Então amos propor que o governo estadual invista mais em dessalinizadores de água e, se possível, na perenização do rio Palhano”.

Além da questão hídrica, o prefeito de Russas, Weber Araújo, compareceu ao evento com preocupação relacionada à segurança pública. “No ano passado, tivemos 72 homicídios no nosso município É uma realidade triste, provocada pela questão da droga e precisamos tentar reverter essa situação unindo esforços com o governo”, ponderou.

“A implantação do Raio, da Polícia Militar, já está demonstrando bons resultados em Russas. Mas outras estratégias e parcerias são importantes. E as oficinas do PPA são uma excelente oportunidade de levar essas demandas da nossa região ao sistema de planejamento do governo estadual", acrescentou o prefeito Weber Araújo.

Nesta quinta-feira (dia 20) os técnicos do governo se reúnem, em Canindé, com representantes dos municípios daquela região. E na sexta-feira estarão para outra discussão acerca dos problemas dos municípios no entorno de Itapipoca.

Assessoria de Comunicação da Seplag
Darlan Moreira, Joanna Cruz e Luiz Pedro Neto - (85) 3101.4495
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil