Senhora diz ter sido mantida por 16 anos em cárcere privado em Uruburetama

Loading...

Mulher era mantida em cárcere privado pela família há 16 anos


O irmão da vítima foi detido na tarde desta terça-feira (29) e também deve responder por maus tratos
senhora-diz-ter-sido-mantida-por-16-anos-em-carcere-privado-em-Uruburetama

Após denúncias, Maria Lúcia de Almeida Braga, 36 anos, foi encontrada em um sítio, em Uruburetama, depois de ser mantida em cárcere há 16 anos. Como principal suspeito pelo crime, o delegado titular da Delegacia Regional de Itapipoca, Harley Filho, ressalta o irmão da vítima.

João de Almeida Braga, 48 anos, irmão de Maria Lúcia, teria dado continuidade ao cárcere da irmã tendo como exemplo o que o pai já vinha fazendo há 10 anos. O suspeito foi detido na tarde desta terça-feira (29) e deve responder pelos crimes de maus tratos e cárcere privado.

Recebemos uma denúncia no dia 8 de março que tinha uma pessoa mantida dentro de uma casa há anos. Empreendemos diligência e localizamos. Estava sozinha quando foi encontrada". Conforme a vítima, aos 19 anos ela engravidou, teve um bebê e a família se sentiu envergonhada. 

"Ela contou que estudava no Ensino Fundamental, teve um relacionamento conturbado e começou a apresentar problemas psicológicos. Engravidou. Os pais com vergonha a trancafiaram no quarto desde a gestação e deram o bebê", elucidou Harley Filho. Já idosos, os pais de Maria Lúcia devem passar por tratamento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da região para que sejam reinseridos na sociedade.   Fonte DN
Loading...