Assalto: quadrilha leva o terror à Jaguaruana

Loading...

Madrugada de terror na cidade de Jaguaruana, interior do Ceará

JAGUARUANA - Tiros e explosões ecoaram pelas ruas de Jaguaruana, na madrugada do último Sábado. Passava da meia-noite, quando um bando de assaltantes invadiu a cidade, no interior do Ceará, 

A tentativa de assalto a duas agências bancárias e uma agência dos Correios na cidade que fica a 180 km da Capital teve consequência direta entre os moradores. 

A troca de tiros foi intensa


A polícia chegou ao local poucos minutos após o início da ação da quadrilha. o confronto entre a PM e os bandidos durou cerca de 1 hora, com tiros e explosões pra todo ladoassombrando ainda mais os moradores que se trancaram em suas casas, apavorados. A Polícia Militar realiza busca intensas na região na tentativa de capturar o restante do bando. 

Morador de Jaguaruana relata momentos de terror




    Dadato Barbosa, Conselheiro Tutelar de Jaguaruana, explica os momentos de tensão que viveu ao lado dos familiares. "Foi uma verdadeira noite de terror, a partir de mais ou menos duas horas da madrugada a ação teve início", explica. O tiroteio, segundo o entrevistado, começou pela delegacia da cidade, em uma maneira de intimidar os policiais da região.

    "Moro próximo aos dois bancos e escutei um barulho muito forte. Deu pra sentir que era um arma de fogo de alto calibre. Acordei assustado, peguei meu filho e levei para os fundos da casa. Após esse primeiro estrondo, se sucedeu uma interminável série de trocas de tiros". 

    O morador explica que a primeira medida para se proteger foi correr com os parentes pra os fundos da casa. Toda a família ficou escondida no chão, durante a troca de tiros. "Pensávamos que não ia ter fim. Estávamos pensando o pior". O conselheiro apontou que uma bala se alojou no armário do filho. 

    Manhã

    No momento, a população está nas ruas e observa os desdobramentos da violenta madrugada. Dadato aponta que quase ninguém saiu para o trabalho e o comércio está praticamente fechado. É notória a intesa movimentação de policiais militares tanto de forma terrestre quanto aérea. O conselheiro explica que nenhum valor foi levado e enaltece o trabalho da força militar. "A polícia trabalhou muito bem", destaca Barbosa.
    assalto-quadrilha-leva-o-terror-a-Jaguaruana

    O Confronto

    O grupo, que seria formado por cerca de 15 integrantes, oriundos do Rio Grande do Norte, foi surpreendido pelas forças policiais quando atacava, simultaneamente, as agências do Bradesco e do Banco do Brasil. no total Sete foram mortos e cinco pessoas envolvidas na ação criminosa foram presas
    Loading...